Menção Honrosa para SMART FARM

NA CATEGORIA AGRICULTURA DOS GREEN PROJECT AWARDS

 

A SMART FARM foi esta manhã distinguida com Menção Honrosa, na categoria ‘agricultura’, no decorrer da edição de 2017 dos Green Project Awards. A primeira quinta inteligente em território nacional, projeto da Anipla desenvolvido em parceria com a Companhia das Lezírias, integrou os finalistas ao prémio e subiu ao palco para receber a menção honrosa, vendo assim reconhecido o seu papel pioneiro a nível nacional para as áreas da inovação técnica e científica no contexto da produção agrícola sustentável.

Para António Lopes Dias, Diretor Executivo da ANIPLA, “É com grande orgulho que a ANIPLA recebe esta distinção pela SMART FARM, para uma tão notável categoria como é a ‘Agricultura’. Este é um projeto de derradeiro interesse, desde o início, graças à confiança e dedicação de uma equipa excecional que tem conseguido trazer para a Companhia das Lezírias o que de melhor se faz ao nível europeu nas áreas da agricultura e sustentabilidade, fomentando a produtividade e competitividade pela eficiência na utilização dos recursos”.

“Numa altura em que aumentam as campanhas destinadas a atacar a agricultura, e assim o trabalho diário de milhares de agricultores europeus, não poderia o sector receber melhor notícia sobre o reconhecimento público e suporte a projetos que unem produtores e população em geral, para um tema do interesse de todos: defender a nossa agricultura e produção sustentável, cuidando dos recursos naturais”.

A SMART FARM foi inaugurada em novembro de 2016 e foi pensada para receber a visita de profissionais e do público em geral, colmatando a necessidade de reunir, num único local, as mais recentes inovações da tecnologia e da ciência ao serviço da agricultura, num espaço pensado para a experimentação e a aprendizagem prática da implementação das Boas Práticas Agrícolas (BPA). Assenta em 4 áreas fundamentais – a água, a alimentação, a saúde e a biodiversidade – é um local de referência no âmbito da promoção e divulgação das técnicas, tecnologias, equipamentos e melhores práticas para a proteção das plantas.

Os Green Project Awards celebram esta ano a 10.ª edição e são uma iniciativa de referência nacional. Organizados pela Agência Portuguesa do Ambiente, a GCI e a Quercus ANCN, têm como objetivo principal reconhecer publicamente as boas práticas em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável nacional.

A cerimónia de entrega dos prémios teve lugar esta manhã, no decorrer da conferência “Cidadania e o Futuro da Sustentabilidade”, realizada em conjunto com a Câmara Municipal do Porto e a Lipor, na Alfândega do Porto. Os prémios atribuídos distribuem-se por dez categorias por forma a distinguir o que de melhor se faz em Portugal na área da inovação para a promoção de boas práticas ambientais.

Para o prémio na categoria ‘Agricultura’, estavam também nomeadas como finalistas: a ASFERTGLOBAL com o projeto Kiplant iNmass; a Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra com o projeto Ervas Daninhas; a Câmara Municipal da Maia com o projeto Agricultura Biológica na Quinta da Gruta; a Câmara Municipal de Serpa com o projeto CCBIO – Centro de Competências da Agricultura Biológica e dos Produtos no Modo de Produção Biológico; o Ecocenter com o projeto Hidroponia e Agricultura e Urbana; a Fromageries BEL Portugal com o projeto Leite de Pastagem Terra Nostra; a G2Gi – Indoor Farming Solutions com o projeto Grow to Green; a Marca – Associação de Desenvolvimento Local com o projeto Viveiros de espécies autóctones.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *