Seca prolongada pode levar agricultores a mudar culturas

A situação de seca prolongada poderá levar a uma mudança no tipo de culturas produzidas pelos agricultores. A Agência Portuguesa do Ambiente já está a aconselhar os agricultores e produtores pecuários a antecipar o volume de água de que vão precisar para que a gestão das reservas existentes seja mais eficaz.

Para breve, está prevista uma campanha de sensibilização para um melhor uso deste recurso escasso.

De acordo com as previsões agrícolas do INE, tendo em conta as temperaturas elevadas e os baixos teores de humidade do solo, haverá uma queda generalizada na produção de cereais de outono/inverno, na ordem dos 20% em comparação com o ano passado. Pelo contrário, no tomate para a indústria as perspectivas são de uma boa campanha, com ganhos de produtividade de 94 hectares por hectare (mais 15% face a 2016), indica o Instituto Nacional de Estatística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *