Fito-Entrevista: A opinião de Ana Bravo sobre a sustentabilidade e o futuro da agricultura, no âmbito do Fórum Smart Farm.

Ana Bravo, voz do Fito-Minuto (TSF) e moderadora do Fórum Smart Farm

A necessidade de debater temas agrícolas, dentro e fora do sector. Fito-Entrevista com Ana Bravo.

A opinião de Ana Bravo sobre a sustentabilidade e o futuro da agricultura, no âmbito do Fórum Smart Farm, esta semana, com a voz do Fito-Minuto.

 

1. Qual a importância de se debaterem temas ligados à realidade agrícola?

A verdade é que este é um assunto considerado não-prioritário pela generalidade da população. Ou porque é aborrecido, ou porque não faz parte das preocupações diárias das pessoas, qualquer desculpa é válida quando o tema não parece interessante. E é aí que temos de mudar: a agricultura faz parte do dia-a-dia de todos nós e é crucial para a nossa sobrevivência, portanto, merece que lhe seja dado o devido destaque. Nos dias que correm, não faz sentido continuarmos a deixar este assunto para segundo plano e a fingirmos que não nos diz respeito. É imperativo que se tragam para cima da mesa mais temas ligados à realidade agrícola e que se debatam os seus principais desafios, de maneira a encontrarem-se soluções pertinentes e eficazes.

 

2. Considera que os portugueses ainda não têm muito conhecimento sobre assuntos ligados à agricultura?

Não tenho dúvidas disso. Se isso não fosse já óbvio, os estudos realizados à população sobre os assuntos agrícolas vieram comprová-lo, completamente. A agricultura não é vista como um tópico trendy, interessante ou sexy e então as pessoas descartam-no.

Mas a verdade é que ela está no nosso quotidiano, mesmo o mais urbano. No momento em que compramos um produto no supermercado ou no mercado, estamos a tomar uma decisão. De onde veio aquele produto? De que forma foi produzido? É um produto de época? Essa decisão deve ser responsável e informada. Precisamos de ter a noção da influência de cada uma dessas pequenas decisões.

 

3. Porque é que aceitou o convite para moderar o Fórum Smart Farm?

Quando me foi feito o convite para moderar um fórum sobre temas agrícolas, perguntei a mim mesma “O que sei eu sobre agricultura?” e cheguei à conclusão que, apesar de até me considerar uma pessoa interessada sobre vários assuntos, pouco ou nada sabia sobre a realidade agrícola e os seus métodos de produção. Foi exatamente pelo desafio de aprender mais sobre o assunto e de o poder levar a um público mais abrangente, que decidi aceitar o convite. Até agora, tenho lido muito sobre o tema e tenho descoberto coisas surpreendentes sobre o mundo agrícola, que acredito que a maioria dos consumidores também desconhece. Por exemplo, fiquei a saber que a produção alimentar mundial precisa de aumentar 60% até 2050, por forma a atender às necessidades da população mundial em crescimento.

 

4. O que poderia contribuir para uma maior proximidade e informação da sociedade quanto aos temas agrícolas?

A comunicação é fundamental para criar essa proximidade, isso parece estar claramente identificado. Comunicar bem, comunicar mais, de forma simples e interessante. Se já vimos que o afastamento entre a realidade da agricultura e a sociedade em geral pode diminuir se o nível de informação aumentar, então criemos conteúdos informativos interessantes, de fácil receção. Se os agricultores gostariam que os consumidores soubessem mais da produção agrícola, então ouçamos os agricultores e façamos chegar essa mensagem ao público, em especial o mais urbano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *