Bruxelas incentiva partilha de dados sobre fraude alimentar

A Comissão Europeia criou um Centro de Conhecimento sobre a Fraude Alimentar e a Qualidade dos Alimentos para estimular a partilha de conhecimento científico sobre o tema. Os responsáveis políticos da União Europeia e as autoridades nacionais vão poder, assim, ter acesso a informação atualizada sobre fraude alimentar e qualidade dos alimentos, um tema que está hoje no centro das preocupações dos consumidores.

Este Centro de Conhecimento será, na prática, uma rede composta por grupos de peritos internos e externos da Comissão e será gerido por um Centro Comum de Investigação. Entre as suas competências está a coordenação de atividades de fiscalização do mercado, operacionalizar um sistema de alerta precoce e informação, fazer a ligação entre os sistemas de informação dos Estados-Membros e da Comissão, e, finalmente, gerar conhecimentos específicos a cada país. O novo organismo vai ainda produzir boletins informativos, mapas interativos, base de dados e relatórios periódicos, acessíveis ao público.

Será financiado na íntegra pela Comissão Europeia e complementa a rede de Combate à Fraude Alimentar da UE.

Mais informação aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *