Exportações agroalimentares da UE aumentam 3,7%

Os valores do comércio agroalimentar da União Europeia (UE) diminuíram em abril, relativamente a março, para 11,1 mil milhões de euros em exportações e 9,6 mil milhões de euros em importações, em linha com um padrão sazonal, refere o relatório mensal de comércio publicado pela Comissão Europeia.

No entanto, as exportações aumentaram 3,7% em abril, face ao mesmo mês do ano passado. Os valores mensais das importações, por outro lado, diminuíram 2% em relação a abril de 2017, facto que elevou o superavit comercial mensal agroalimentar para 1,5 mil milhões de euros ou um aumento de 66% em relação a abril de 2017.

Por setor, o maior crescimento das exportações foi conseguido pelos couros e peles em bruto (93 milhões de euros), seguido pelo vinho (90 milhões de euros), bebidas espirituosas (62 milhões de euros) e açúcar (47 milhões de euros). As exportações de frutas caíram 30 milhões.

Já o valor das importações agroalimentares da UE em abril de 2018, relativamente a abril de 2017, aumentou principalmente para os produtos provenientes da Costa do Marfim (50 milhões de euros), Chile (42 milhões de euros) e Tunísia (37 milhões de euros).

Quedas significativas foram registadas nas importações de bagaço de oleaginosas, café não torrado, açúcar e óleo de palma, enquanto as importações de frutas tropicais, tabaco em rama, frutas não tropicais e carne bovina apresentaram os maiores aumentos em termos de valor.

Ver mais informações aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *