gabriela cruz

A perceção sobre os desafios para a alimentação e agricultura mundiais, dentro e fora do sector.

Esta semana apresentamos um excerto da nossa conversa com Gabriela Cruz, Presidente da Associação Portuguesa de Mobilização de Conservação do Solo.

A Aposolo foi constituída em 1999 como entidade sem fins lucrativos e independente de outras organizações, grupos ou marcas comerciais, tem como objectivo a divulgação e o desenvolvimento das Técnicas de Conservação do Solo Agrícola e Florestal.

No âmbito dos Simpósios da Anipla, a presidente da Aposolo partilhou connosco a sua visão sobre a importância dos produtos fitofarmacêuticos no controlo mecânico das infestantes na Agricultura de Conservação.

Segundo Gabriela Cruz, “A Agricultura de Conservação engloba um conjunto de técnicas em, que as culturas são instaladas sem recurso à mobilização do solo”.

“Ao não se mobilizar o solo, não há controlo mecânico das infestantes, e por isso tem que haver um controlo através de produtos fitofarmacêuticos das infestantes que se encontram no solo para não concorram com a cultura principal”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *